Posts

Quando se fala em refrigeração e climatização, seja em aplicações comerciais ou residenciais, não tem como não falar no compressor.

Ele é o coração desses sistemas e tem a função de bombear o fluido refrigerante que circula tanto no estado líquido como no gasoso, alterando a temperatura de um equipamento (aquecendo ou resfriando o ar).

No processo de resfriamento de uma geladeira, por exemplo, o compressor recebe o fluido na forma de gás do evaporador, e promove o bombeamento desse gás até o condensador, aparelho que torna a liquidificar o fluido e dissipar o calor do sistema.

Confira as definições:

Sistema de Refrigeração: Conjunto de componentes, combinados entre si, criados para transferir calor de um lugar para outro.

Fluido refrigerante: Responsável pela troca de calor entre os ambientes interno e externo.

Condensador: Transfere o calor do fluido refrigerante para o ambiente externo.

Evaporador: Transfere o calor do ambiente interno para o fluido refrigerante.

Como são classificados os compressores?

Atualmente existem três tipos de classificação de compressores. Leia abaixo a diferença entre eles:

  • Compressor hermético: O motor e o compressor ficam dentro da mesma carcaça.
  • Compressor semi-hermético: Ele também tem motor e o compressor que ficam dentro da mesma estrutura. A diferença para o compressor hermético é que o semi-hermético, mais robusto, tem o sistema fechado com parafusos, e não selado como o hermético.
  • Compressor aberto: Ao contrário dos dois acima, o motor fica separado do compressor. Como o nome diz, pode ser aberto e, quando necessário, consertado no próprio local onde está instalado, pois o acesso ao interior dele é facilitado.

Além dessas classificações acima, existem cinco tipos de compressores, que se diferenciam por causa das suas configurações. Confira:

  • Alternativo: É o mais comum entre esses cinco. A compressão do gás é feita por um pistão que fica dentro de um cilindro. Ele consome mais energia e produz ruído maior que os outros, por isso vem sendo substituído aos poucos pelo rotativo, que é mais econômico e silencioso.
  •  Centrífugo: Conta com um propulsor de alta velocidade e com muitas pás. Elas giram em um alojamento de forma especial. Usado normalmente em aparelhos de ar condicionado.
  •  Parafuso: Tem dois rotores em forma de parafuso – macho e fêmea – que são interligados e giram em sentido contrário. É muito usado na refrigeração comercial.
  •  Rotativo: Possui um rotor excêntrico que gira dentro de um cilindro. Ele é o mais silencioso e econômico do mercado, sendo usado bastante em aparelhos de ar condicionado de grande porte.
  • Scroll: Dispõem de duas partes separadas e em formato espiral. Uma delas fica fixa e a outra gira contra ela inversamente. É muito usado também em ar condicionado maiores.

Atenção especial para o consumo de energia

No mundo todo existe atualmente uma preocupação alta com a redução do consumo de energia. Por isso, produzir compressores mais eficientes e silenciosos é uma necessidade.

Um dos exemplos nesse sentido são os compressores que utilizam a tecnologia chamada de Fullmotion. Os equipamentos que a utilizam são capazes de reduzir o consumo de energia em até 25%. Considerando refrigerados com até 10 anos, por exemplo, o ganho é maior – de cerca de 40%.[

Fonte: Clube da Refrigeração – Embraco

Compressores Parafuso Semi-Herméticos Compactos – Linha CSW e CSH Bitzer

Semi-herméticos e compactos, equipados com regulagem de desempenho mecânica e um esquema de limite de aplicação – os compressores de parafuso são próprios para uso industrial em grupos de resfriamento de líquido e bombas de aquecimento. O sistema integrado para separação de óleo possibilita uma montagem simples uma rápida instalação do sistema.

CSW – Os parafusos compactos da nova série CSW estão consequentemente otimizados para a aplicação em conjuntos de refrigeração de líquidos R134a, operados a baixas temperaturas de condensação. Devido a esse fato, também são especialmente adequados para sistemas com condensador refrigerado a água, refrigeradores industriais, bem como sistemas com condensador refrigerado a ar no funcionamento com condições climáticas moderadas. Através do desenvolvimento específico para estas aplicações permitiu aumentar significativamente a eficiência nos âmbitos de plena carga e carga parcial. Além disso, foram ampliados significativamente os limites de utilização em temperaturas de condensação baixas. Desta forma, obtêm-se valores para esta série de compressores ESEER-/IPLV*, que são muito superiores comparativamente aos padrões internacionais usuais de compressores de parafusos compactos.

CSH – A atual série “CSH” tem por base os elementos de construção dos parafusos compactos BITZER comprovados e mundialmente reconhecidos como padrão de referência. O seu aperfeiçoamento foi realizado levando em conta a aplicação universal específica em conjuntos de refrigeração de líquidos refrigerados por ar, bem como em bombas de calor. Além das já conhecidas características, os compressores destacam-se graças ao contínuo aperfeiçoamento em termos de eficiência energética em plena carga e carga parcial. Além disso, foram ampliados os limites de utilização, quer em relação a baixas temperaturas de condensação, quer a condições de elevada pressão (bombas de calor) – sem comprometer a segurança de funcionamento.

Fonte: Bitzer