Posts

Em 2018, empresa já estava se preparando para o uso de fluidos refrigeradores inflamáveis.

Estar à frente das necessidades do mercado, que está em constante evolução, com um olhar atento à eficiência energética. Isto faz parte do DNA da Full Gauge Controls, fabricante de equipamentos para refrigeração, climatização, aquecimento solar e aquecimento.

Em 2018 a empresa já estava se preparando para o uso de fluidos refrigeradores inflamáveis, que tiveram sua legislação alterada este mês pela Comissão Eletrotécnica Internacional (IEC, em inglês). A utilização permitida dos refrigerantes hidrocarbonetos – R-290 e R-600a – passa a ser de 500g, o que interfere positivamente na sua aplicação em sistemas de refrigeração de médio porte.

Por isso, a empresa avaliou com a UL, órgão internacional com mais de 120 anos de experiência em testes e inspeções, dez de seus controladores para serem empregados em tais condições.

Os produtos testados pela UL obtiveram seu uso validado, graças a características como o fato de terem circuitos protegidos, que garantem um acionamento seguro do compressor e isolam potenciais fontes de ignição.

Entre os controladores verificados estão: MT-512E 2HP, MT-512E Log e MT-512E Faston (que podem ser aplicados em balcões refrigerados, câmaras de resfriados, chopeiras, entre outros); MT-514E e MT-514E Faston (usados emconservadores de vacinas e balcões de resfriados ou congelados); TC-900E power, TC-900E Log e TC-900E 2HP (para câmaras, balcões de congelados e transporte frigorífico) e ainda MT-444E Fit e MT-444E Faston (utilizados em expositores de bebidas e balcões refrigerados).

Esta iniciativa internacional tem como objetivo fomentar os avanços no setor de refrigeração, sempre em concordância com as legislações climáticas vigentes. Um dos grandes benefícios desta mudança é que as substâncias naturais oferecem maior eficiência e menor impacto ambiental.

“O fluido refrigerante R-290 possui características termodinâmicas melhores que o R-22, que deve ter seu uso descontinuado em 2020. Isso significa que é preciso uma menor quantidade para obter a mesma capacidade de refrigeração, além de ter um impacto quase nulo para o aquecimento global”, pontua o engenheiro mecânico e consultor técnico de produto para o mercado externo da Full Gauge Controls, Felipe Accorsi.

Para ele, é importante ressaltar a necessidade de contar com equipamentos específicos para trabalharem com fluidos inflamáveis, bem como uma equipe de operadores com conhecimento técnico adequado. Assim, é possível garantir uma refrigeração mais eficiente e segura em todos os aspectos.

 

 

 

 

Fonte: Revista do Frio

 

Eventos

404 Não encontrado

Desculpe-me, palavra não encontrada

Portfolio Items