Mobilização de metalúrgicos em frente à fábrica da Tecumseh, em São Carlos (SP) | Foto: Divulgação/Sindicato dos Metalúrgicos

 

 

Mais de 100 trabalhadores da Tecumseh em São Carlos (SP) foram demitidos na última quinta-feira (18). Os desligamentos ocorreram em virtude da grave crise econômica deflagrada pela covid-19, informou a indústria de compressores.
A empresa disse, em nota, que desde o início da pandemia “tem aplicado diversas medidas de flexibilização e redução de seus custos operacionais, tais como suspensão de contratos de trabalho (lay-off), redução de jornada e férias”.
“Ainda assim, tais ações não foram suficientes para o enfrentamento da crise em andamento e se fez necessária ação adicional que levou a redução da sua força de trabalho”, justificou.
Em nota, o Sindicato dos Metalúrgicos de São Carlos e Ibaté repudiou a decisão e criticou a ausência de diálogo por parte da companhia.
Na manhã de sexta-feira (19), a entidade realizou assembleia de protesto na entrada de uma das fábricas da Tecumseh.
Na ocasião, os metalúrgicos aprovaram parar a produção, caso ocorram novas demissões em massa sem negociação prévia com o sindicato da categoria.

Fonte: Blog do Frio