O Ministério do Meio Ambiente, em parceria com a Agência de Cooperação Alemã (GIZ, em alemão), acaba de lançar o vídeo “Boas práticas em refrigeração comercial fazem a diferença”, que mostra como executivos e gestores do varejo podem reduzir os prejuízos econômicos e os danos ambientais causados pelos vazamentos de fluidos refrigerantes.

Na produção, que segue o modelo de palestra rápida e inspiradora conhecido como TED Talks, um supermercadista interpretado por um ator fala sobre a experiência bem-sucedida em sua suposta loja, ressaltando que “fluido vazando é [sinônimo de] dinheiro voando”.

O vídeo faz parte do Programa Brasileiro de Eliminação dos Hidroclorofluorcarbonos (HCFCs), criado no âmbito das ações para a implementação do Protocolo de Montreal no Brasil.

Além de afetar a camada de ozônio e contribuir para o aquecimento global, os vazamentos de HCFCs geram um prejuízo anual de R$ 500 milhões para os supermercados, apontam dados do PBH.

Segundo a GIZ, a produção será disseminada no País com apoio da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), da Associação Paulista de Supermercados (Apas) e de outras entidades do varejo e da indústria de refrigeração.

                                                     
Volume médio anual de vazamentos de fluidos frigoríficos no segmento de refrigeração comercial corresponde a 102% da carga instalada, revelam dados do Ministério do Meio Ambiente.Fonte: Blog do Frio