Empresa está entre os 8 fabricantes selecionados para a final da competição de inovação que tem desafio de diminuir impacto climático em até 5x

A Gree, líder mundial em ar-condicionado e uma das empresas mais inovadoras da área, está entre as oito equipes finalistas do Global Cooling Prize, competição global de inovação para o desenvolvimento de soluções de climatização residencial de alta eficiência e ecológicas. O anúncio foi feito pela coligação mundial liderada pelo governo da Índia e pelo Rocky Mountain Institute (RMI) no mês passado.

O desafio proposto a participantes de todo mundo foi desenvolver uma tecnologia inovadora de refrigeração residencial que tenha pelo menos cinco vezes menos impacto climático do que as usadas atualmente. A solução deve atender a uma variedade de critérios focados no clima e nos recursos, além de operar com restrições de custo e escalabilidade.

O projeto selecionado foi criado por uma equipe liderada pela Gree, em parceria com a Universidade de Tsinghua, localizada em Pequim, considerada uma das duas melhores da China. A solução foi inspirada no condicionador de ar da Gree, GMV-Solar, que utiliza tecnologia fotovoltaica associada a um sistema inteligente a redução do consumo de eletricidade.

A Gree possui 11 fábricas no mundo, entre elas uma unidade fabril no Brasil. É considerada a multinacional que mais investe em Pesquisa & Desenvolvimento na China, contando globalmente com mais de 10 mil engenheiros, 12 institutos de pesquisas, 72 centros de pesquisas, mais de 727 laboratórios, além de 35.635 patentes de tecnologia, incluindo 16.044 patentes de invenção.

“Essa competição nos permite abordar um dos maiores riscos de uso final para o nosso clima. Também apresentaremos nossas tecnologias mais revolucionárias em climatização, que não apenas consomem menos energia elétrica, como também reduzem o uso de gases refrigerantes vinculados às mudanças climáticas, avanços que serão vitais, uma vez que o número de ares-condicionados em todo o mundo deverá quadruplicar até 2050”, explica Alex Chen, diretor comercial da Gree no Brasil.

A Gree foi a primeira empresa multinacional de eletrodomésticos da China a investir e construir uma fábrica no Brasil, tornando-se símbolo da capacidade de cooperação entre China e Brasil. Atualmente, as vendas totais da marca Gree no Brasil são de R$ 2,5 bilhões, com contribuições e oportunidades de geração de emprego.

A empresa está desenvolvendo e aprimorando a tecnologia fotovoltaica para condicionadores de ar desde 2013. A fabricante representa a mudança do conceito “made in China” para o “criado na China”. Seus contínuos investimentos em P&D de eficiência energética fizeram com que a Gree no Brasil ganhasse, por 10 nos consecutivos, o maior prêmio deste setor – o troféu e certificado “Selo Procel de Economia de Energia”.

Tecnologia inovadora

A equipe projetou uma solução com tecnologia fotovoltaica associada a um sistema inteligente que combina redução do consumo de eletricidade. O controle do produto é feito por meio do GREE G-IEMS, responsável pela geração, consumo, economia e armazenamento de energia, conexão à rede, controle integrado e comércio inteligente.

O GREE G-IEMS é uma tecnologia exclusiva da Gree e conta com cinco modos de operação: 1. Modo CA (Corrente Alternada) puro – corrente apenas fotovoltaica pura e Modo CA (parte da energia fornecida pela rede elétrica pública e parte pela fotovoltaica); 2. Fotovoltaico; 3. Modelo de fonte de alimentação mista; 4. Modo de geração de energia fotovoltaica pura; 5. Equilíbrio do modo de grade de carregamento de energia fotovoltaica.

A competição

O Global Cooling Prize é uma competição internacional lançada em 2018 para convidar participantes de todo o mundo a desenvolver uma tecnologia inovadora de refrigeração residencial que tenha pelo menos cinco vezes menos impacto climático quando comparada a uma unidade de linha de base. A solução deve atender a uma variedade de critérios focados no clima e nos recursos, além de operar com restrições de custo e escalabilidade. Nesta edição, a competição selecionou projetos que apresentaram uma grande variedade de soluções inovadoras de tecnologias para climatização residencial. A cerimônia de premiação será realizada em novembro de 2020.