Durante o verão, quando as temperaturas atingem números mais altos, ventiladores e condicionadores de ar tornam-se nossos grandes parceiros, mandando o calor para bem longe e mantendo o clima ideal. Eles estão em todos os cantos: nossas casas, carros, escritórios e principalmente no comércio.

E é especialmente no comércio que você encontra o tema de nosso post de hoje: a cortina de ar. Bastante presente em lojas e empresas, elas são instaladas de forma horizontal acima da porta de entrada, criando uma barreira de vento que impede o calor de entrar e o ar frio do ar-condicionado de escapar para o lado de fora.

Quer saber mais sobre o aparelho? Siga na leitura que nós esclarecemos todos os detalhes.

 

O que é e como ela funciona

Você provavelmente já passou por uma delas: as cortinas de ar são geralmente utilizadas em estabelecimentos comerciais, muitas vezes em lojas de rua, posicionadas logo na porta de entrada e são as responsáveis por não deixar que a temperatura interior sofra interferência da temperatura exterior. Elas foram desenvolvidas especialmente para áreas de comércio que já são climatizados, mas precisam manter as portas abertas ou possuem um grande volume de passagem de pessoas e, por isso, mantém a porta abrindo e fechando por muitas vezes no dia. É por isso que, às vezes, quando você entra em uma loja, por exemplo, logo já sente um vento próximo a porta, dando uma sensação de conforto.

É esse vento que sai do aparelho, como um grande ventilador, que forma um fluxo de ar e cria uma barreira, impedindo que o calor entre mesmo que as portas estejam abertas.

Esse bloqueio de ar que a cortina forma ainda ajuda a repelir a entrada de insetos, microrganismos, odores desagradáveis e poeira, além de funcionar de forma silenciosa e gerar uma economia elétrica de até 35%.
Por ter o recurso de separar tão bem a temperatura de diferentes ambientes, em alguns casos, a cortina de ar é uma ótima solução para cozinhas industriais, bloqueando a entrada de ar quente, poeira e insetos e impedindo a saída de fumaça e odores mais fortes.

Mas, fique ligado: A Cortina não substitui o ar-condicionado.

A cortina trabalha em conjunto com o ar-condicionado, mas não possui a função de gelar o ambiente como um ar-condicionado. Ela apenas evita a entrada do calor e mantém a temperatura local controlada, causando o bem-estar de todos. Ou seja, não adianta ter apenas uma cortina de ar se o ambiente interno não estiver climatizado, viu? Os dois aparelhos se complementam.

 

 

 

Fonte: https://blog.frigelar.com.br/