Fluido refrigerante à base de HFO vem sendo adotado por milhares de estabelecimentos comerciais em todo o mundo | Foto: Nando Costa/Pauta Fotográfica

 

 

A  Chemours recebeu do Conselho Americano de Química (ACC, na sigla em inglês) o Prêmio de Liderança em Sustentabilidade pelo desenvolvimento da linha Opteon de fluidos refrigerantes à base de hidrofluorolefina (HFO).

Segundo o comunicado distribuído à imprensa, a premiação reconhece as realizações de destaque das empresas associadas em três áreas: transparência e colaboração, proteção ambiental e circularidade, e contribuições sociais.

A indústria química foi a vencedora por suas contribuições sociais, categoria que contempla “produtos, processos ou iniciativas que ilustram o compromisso de inovar para um futuro sustentável”.

“O desenvolvimento dos fluidos refrigerantes Opteon é um exemplo perfeito de como o poder da química pode ajudar a solucionar alguns dos maiores desafios do mundo”, disse Mark Vergnano, presidente e CEO da Chemours.

“Juntamente com nossos parceiros, continuamos comprometidos em fornecer fluidos refrigerantes de alto desempenho e com baixo potencial de aquecimento global [GWP]”, ressaltou.

Em 2018, a Chemours publicou seu primeiro Relatório de Compromissos de Responsabilidade Corporativa (CRC), documento no qual são apresentadas as dez metas ambiciosas que a empresa focará em alcançar até 2030.

Tais metas estão alinhadas com os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável (ODS) das Nações Unidas e incluem o desenvolvimento e a comercialização de produtos como os fluidos refrigerantes Opteon, que contribuem para alcançar esses esforços globais.

“Os consumidores estão exigindo produtos mais sustentáveis e energeticamente eficientes, e nós estamos colocando nossos clientes no topo da cadeia de valor para atender a essa demanda com nossas HFOs”, declarou Paul Kirsch, presidente de fluorprodutos da empresa.

HFO-1234yf, fluido refrigerante de baixo impacto climático desenvolvido pela Chemours

Mais de 145 milhões de veículos devem utilizar o fluido refrigerante Opteon YF (R-1234yf) em seus sistemas de ar condicionado até o final de 2020, prevê Chemours | Foto: Evandro Monteiro/Pauta Fotográfica

Adoção acelerada

A demanda por refrigerantes mais sustentáveis se acelerou nos últimos anos, com os EUA, Japão e vários países europeus implementando normas ambientais mais rígidas, fato que começou na indústria de ar condicionado automotivo e vem se expandindo fortemente nas áreas de refrigeração comercial e ar condicionado residencial e comercial.

A Chemours espera que mais de 145 milhões de veículos utilizem o Opteon YF (R-1234yf) em seus sistemas de ar condicionado até o final de 2020. O GWP dessa HFO pura é 99% menor que o do hidrofluorcarbono (HFC) R-134a, refrigerante que ela substitui.

Para aplicações de refrigeração comercial na Europa, o Opteon XP40 (R-449A) tem sido um dos principais fluidos refrigerantes utilizados para substituir os HFCs R-404A e R-507 em equipamentos novos ou existentes, particularmente nos supermercados.

O produto tem desempenhado um papel fundamental desde 2015 naquele mercado, permitindo que o varejo cumpra as regulamentações que tratam da eliminação progressiva dos gases de efeito estufa fluorados (f-gases).

No Brasil, mais de 50 estabelecimentos já adotaram o Opteon XP40, fluido refrigerante que aumenta em até 12% a eficiência energética de sistemas de refrigeração de média temperatura, quando comparado ao R-404A, podendo, inclusive, ser utilizado na substituição do hidroclorofluorcarbono (HCFC) R-22.

Além disso, várias empresas globais selecionaram recentemente os fluidos refrigerantes Opteon, incluindo a Carrier na América do Norte, Carrier Transicold Europe, Mitsubishi Electric Hydronics e IT Cooling Systems SpA (MEHITS), Johnson Controls e E-Mart, a maior cadeia de hipermercados da Coreia do Sul.

Banner de divulgação do fluido refrigerante Opteon XP40 na área de produtos refrigerados de loja da rede de supemercados Jaú Serve

No Brasil, mais de 50 supermercados já adotaram o fluido refrigerante Opteon XP40 (R-449A) | Foto: Divulgação/Chemours