Cálculo de BTU = Potência do aparelho

O BTU é um sistema britânico de medição de potência de climatização. É uma medida que tem a ver com a capacidade que um aparelho de ar condicionado tem para resfriar ou para aquecer um ambiente.

Ou seja, o cálculo de BTU é válido tanto para a função Frio quanto para a função Quente. Do ponto de vista da potência, não há diferença. O esforço feito pelo motor do ar-condicionado é para alcançar as configurações de temperatura determinadas pelo usuário.

Pense assim: se você precisa mudar a temperatura do seu cômodo de X para Y, os esforço do compressor, da condensadora, da evaporadora e demais partes do equipamento, será o mesmo. Levando-se em conta, claro, condições similares. E aqui, então, cabe fazer uma observação.

Condições diferentes

Só porque o cálculo de BTU tem a ver com a potência e não com a função a ser executada pelo ar-condicionado, isso não quer dizer que um determinado ambiente vai ser bem atendido no frio e no calor pelo mesmos número de BTU.

Ar-condicionado no modo Frio

O que isso quer dizer? Bom, quer dizer que é preciso levar em conta fatores que interferem no resfriamento e no aquecimento. Por exemplo, para a potência de resfriamento você precisa levar em conta:

  • Portas e janelas
  • Incidência do sol
  • Trânsito de pessoas
  • Quantidade de equipamentos eletrônicos
  • Temperaturas locais
  • Formato do ambiente

Acesse aqui a Calculadora de BTU e descubra a potência ideal para o seu ambiente

Ar-condicionado no modo Quente

Enquanto isso, para o aquecimento, você levaria em conta, além desses itens acima, o seguinte:

  • Entradas e saídas de ar
  • Quantidade de pessoas
  • Material de que é feito o ambiente

São alguns exemplos do que poderia ser considerado. Ainda mais tendo em vista que o frio pode ser sugerido facilmente pela impressão que o ambiente passa para as pessoas.

Uma simples corrente de ar pode causar calafrios e fazer o corpo baixar a temperatura.

 

Fonte: web ar-condicionado